Início >> Noticia >> Oficinas levam capacitações a gestores municipais e catadores de materiais recicláveis
  • Increase
  • Decrease

Current Size: 100%

Oficinas levam capacitações a gestores municipais e catadores de materiais recicláveis

Entre os dias 12 e 13 de junho o municipio de Castanhal estará sediando a I oficina regional de planejamento e avaliação do processo de implantação da Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS) voltada às doze regiões do estado. Promovidas pela Secretaria Estadual de Assistência Social, Trabalho, Emprego e Renda  junto ao Governo Federal, as oficinas regionais tem como principal objetivo a melhoria nas condições de trabalho e qualidade de vida a milhares de catadores de materiais recicláveis e a instrumentalização de gestores municipais no que diz respeito a implantação da politica nacional.  Através do programa “Pró Catador. Ativação Pará”, o estado contribui no processo de organização produtiva de milhares de catadores, além promover a inclusão social, através de novas oportunidades de trabalho e emprego voltadas ao segmento.

O programa existe desde 2012, e se propõe a garantir melhores condições a catadores do nosso estado, que na maioria das vezes, estão sob extrema vulnerabilidade. Através da união de forças é que encontraremos capacidade de melhorar a vida dessas pessoas”, afirmou José Raimundo Portilho, diretor de qualificação profissional, empreendedorismo e economia solidária da Seaster.

No primeiro dia de capacitação, as palestras abordaram temas relacionados a definições de lixo e resíduos sólidos e suas principais características, sistema de gestão de resíduos, a importância da reciclagem na redução de impactos ambientais, panorama geral do sistema de gestão de resíduos sólidos no Brasil (com detalhamento do existente no Pará), e o processo de coleta seletiva solidária.

Para o prefeito de Castanhal, Pedro Coelho, a presença do governo do Estado nesse discussão é de extrema importância para que se alcance a uma solução positiva em relação à destinação dos resíduos sólidos produzido nos lixões. "Apesar das dificuldades que enfrentamos quando o assunto é o gerencimaneto e o manejo do lixo, é muito importante abrirmos espaços para essa discussão. Nós estamos tomando uma decisão importante ao formalizarmos  o consórcio para tratar dos resíduos sólidos de Castanhal, Inhangapi, São Francisco, Santa Maria e Santa Isabel. Temos uma equipe técnica que está avançando nesse sentido", afirmou o prefeito.

Estiveram participando do evento representantes da secretaria de meio ambiente e da secretaria de assistência assistência social Ao longo do ano serão realizadas mais onze oficinas regionais, todas voltadas aos gestores municipais, lideranças comunitárias e representantes de cooperativas dos municipios.