Início >> Noticia >> Técnicos são capacitados sobre o Núcleo de Educação Permanente do Suas.
  • Increase
  • Decrease

Current Size: 100%

Técnicos são capacitados sobre o Núcleo de Educação Permanente do Suas.

Com o objetivo de debater sobre a implementação do Núcleo Estadual de Educação Permanente (NEEP), técnicos da Secretaria de Estado de Assistência Social, Trabalho, Emprego e Renda (Seaster) reuniram nesta quinta-feira, 7, com uma consultora do Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS). Na oportunidade foi discutida também a elaboração do Plano Estadual de Educação Permanente no âmbito do Sistema Único de Assistência Social (Suas) no Estado do Pará.

Os núcleos de educação permanente do SUAS são espaços democráticos e participativos de planejamento de ações de formação e capacitação, visando à formação de pessoas para dotá-las de conhecimento operacionais que as tornem capazes de desenvolver seu trabalho com qualidade. Na região Norte apenas os estados do Amazonas e Pará possuem núcleos constituídos. Instituído em 2015, o NEEP/PA é formado por vários órgãos governamentais e não governamentais, e está passando por uma reestruturação.

De acordo com a coordenadora de gestão do trabalho da Seaster, Maristela Santos, o momento com a consultora do Mds é fundamental para entender o que é o núcleo e quais são as suas diretrizes. “Esse é o momento de garantir para a equipe técnica do estado uma qualificação, para que eles possam saber transmitir todas as informações que estão sendo sistematizadas perante o núcleo que trabalha no atendimento do Suas”, frisou Maristela.

Segundo a consultora do Mds, Rosa Souza, o objetivo da reunião é auxiliar a equipe da gestão do trabalho no exercício das atividades do Núcleo Estadual de Educação Permanente, além de desenvolver estratégias para aqueles que trabalham com os serviços no âmbito do Suas. “Nosso objetivo é qualificar os servidores, para que eles possam desenvolver formas de diagnosticar as atribuições e competências, relacionados ao Estado e Municípios”, ressaltou Rosa Rocha.